terça-feira, 9 de março de 2010

A EPSE adere ao Programa Escola Electrão

O tratamento adequado dos REEE (resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos) é urgente e fundamental para o futuro do planeta, exigindo novas atitudes e posturas perante este tipo de resíduos.
Para isso, o projecto Escola Electrão pretende criar a oportunidade de toda a comunidade escolar trabalhar esta temática de uma forma dinâmica e interventiva, criando-se hábitos de encaminhamento deste tipo de resíduos através de uma acção de recolha nas escolas aderentes. O principal objectivo deste projecto da Amb3E (Associação Portuguesa de gestão de resíduos eléctricos e electrónicos) é sensibilizar e envolver toda a comunidade no esforço da reciclagem e valorização dos REEE. Nesse sentido, a EPSE procedeu à inscrição no projecto e esperamos, em breve, saber quando seremos contemplados com a presença de um Ponto Electrão para podermos depositar os nossos REEE em massa.

Para além da vertente didáctica do projecto, o mesmo contempla um concurso nacional para a recolha de REEE. Assim, as escolas que maiores quantidades recolherem estarão habilitadas a prémios. Enquanto aguardamos, podemos começar desde já a recolher o máximo de REEE.

Não se esqueçam de visitar o site www.escolaelectrao.pt para mais informações.

Leia Mais…

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Flora e a Vegetação do PNSE

No passado dia 14 de Janeiro teve lugar, no Auditório da Escola Profissional da Serra da Estrela, uma sessão informativa promovida pela Delegação de Seia do Parque Natural da Serra da Estrela.
A sessão foi dinamizada pela Arquitecta Maria da Paz e consistiu numa apresentação sobre a Flora e a Vegetação do Parque Natural da Serra da Estrela, tendo-se dado especial relevo à importância da sua protecção e conservação.

Leia Mais…

Reciclagem de Consumíveis Informáticos (tinteiros e toners) e Telemóveis.

A AMI está a desenvolver, a nível nacional, o Projecto de Reciclagem de Consumíveis Informáticos (tinteiros e toners) e Telemóveis dando, assim, aos cidadãos portugueses a oportunidade de encaminhar correctamente estes resíduos.

A campanha de divulgação conta com a distribuição de folhetos, cartazes e mupis, para além de anúncios de imprensa e de rádio. Trata-se de uma Acção concreta da AMI para a defesa do ambiente, ao evitar a produção desnecessária de resíduos e o consumo de recursos naturais para o fabrico de materiais possíveis de reciclar. O objectivo é reduzir custos na aquisição de consumíveis informáticos e funciona, ainda, como fonte de financiamento para a acção humanitária que a AMI desenvolve dentro e fora do país.

Como Funciona

Entreguem os vossos tinteiros, toners, e telemóveis usados nos pontos de recolha disponíveis na escola, nomeadamente junto da reprografia, na secretaria e junto do balcão dos livros de ponto.

Contamos com o vosso contributo!
A acção de todos é importante para esta causa!


Leia Mais…

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Mini-Pilhões GRÁTIS



Recentemente, solicitámos o apoio à "Eco-pilhas", que é uma empresa sem fins lucrativos que tem a responsabilidade da gestão das pilhas e acumuladores usados a nível nacional.

Foi graças a esta empresa que iniciámos a distribuição de mini-pilhões por toda a comunidade educativa da EPSE, sendo que já temos à nossa disposição um Pilhão de tamanho considerável para depositarmos as nossas pilhas e baterias usadas.

Mas a questão que se coloca é "O que colocar no pilhão?"

Pilhas usadas dos comandos, das lanternas, dos relógios e
baterias usadas.
video video

O papel de cada um de nós deverá ser o de contribuir para o sucesso de todo o sistema, depositando as pilhas e acumuladores usados nos locais disponibilizados.

Vantagens: com esta acção estamos a contribuir para um incentivo à reciclagem, diminuindo o risco de deposição descontrolada de matérias perigosas e poluentes; por outro lado, reciclar significa que serão recapturados materiais como Manganês, Zinco, Aço e Carbono, que voltarão a ser utilizados sem que seja necessário retirá-los da natureza pela exploração mineira.

Curiosidades...

Sabiam que que uma pilha comum necessita de muito mais energia para ser fabricada do que aquela que fornece?

Evitem utilizar equipamentos a pilhas, mas não tendo alternativa, dêem preferência às recarregáveis.

Ou então, optem por uma alternativa ecológica e tecnológica!!!
Também não queríamos acreditar, mas já é possível adquirir pilhas recarregáveis USB, que podem ser carregadas em qualquer computador com entrada USB.

Se fizerem uma pesquisa rápida pela internet, encontrá-las-ão muito facilmente. O preço de um par (14€, sensivelmente) poderá não ser muito apetecível, mas pensem nas possibilidades que nos trazem! É disto que precisamos...

Leia Mais…

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Seminário Nacional Eco-Escolas em Seia

Seia recebeu, de 16 a 18 de Janeiro de 2009, o 12º Seminário Nacional Eco-Escolas, promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa. O Seminário que este ano contou com o apoio do Município de Seia, decorreu na Casa Municipal da Cultura e no Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE). Neste Encontro estiveram presentes inúmeros professores e técnicos de municípios de todo o país, envolvidos no Programa Eco-Escola, superando-se o número de quatro centenas de participantes.
No Seminário foram abordados diversos aspectos relacionados com a Educação para o Desenvolvimento Sustentável e, mais particularmente, com a Metodologia e Temas de trabalho do Programa Eco-Escolas. As Alterações Climáticas, Água, Resíduos e Energia foram os temas mais abordados, tendo havido especial atenção à apresentação de alguns dos projectos inovadores e de qualidade desenvolvidos por, e para, as escolas.

A realização deste Encontro resultou de um trabalho de parceria entre a Associação Bandeira Azul da Europa e a Câmara Municipal de Seia, co-responsável pela organização.

Leia Mais…